segunda-feira, julho 23, 2018

Companhia Moderno de Dança, de Belém do Pará, apresenta o espetáculo “UM” na Caixa...

Além das três apresentações nos dias 24, 25 e 26 de novembro, os artistas da cia., que atuam também como grupo de pesquisa, realizarão...

Remake de “Alice no País das Maravilhas” com elenco TODO negro!

A luta de negras e negros por representatividade nas artes parece que tem surtido efeitos incríveis Você já está sabendo que estão refilmando o conto...

Escritora da Brasilândia fala na França sobre o bairro durante a ditadura

Com uma obra sobre a vida na periferia de São Paulo durante a ditadura militar, a escritora Sonia Regina Bischain, 60, participou de  um...

Zuza Homem de Mello recebe Moyseis Marques na Tupi or not Tupi

Zuza Homem de Mello dá continuidade ao projeto “Zuzando nas Notas”, que acontece mensalmente na Tupi or not Tupi. Nesta edição, o jornalista faz um passeio musical sobre o tradicional samba carioca, representado e apresentado pelo compositor Moyseis Marques. O evento acontece neste sábado, dia 11, às 21h30, com entradas a R$55. Com quase 20 anos de carreira, Moyseis começou sua trajetória tocando em bares da Lapa, coração boêmio do Rio de Janeiro. O artista já deu aulas de música brasileira para cantores nos Estados Unidos, fundou três bandas de grande prestígio – Forró na Contramão, Casuarina e Tempero Carioca -, tem cinco CDs gravados e duas indicações para o Prêmio da Música Brasileira. Créditos: Elena Moccagatta Moyseis Marques é o convidado para esta edição de “Zuzando nas Notas” Seu repertório autoral inclui parcerias suas com poetas brasileiros da nova e da antiga geração. É parceiro de Aldir Blanc, Edu Krieger, Nei Lopes, Moacyr Luz, Zé Paulo Becker, Alfredo Del -Penh..

Antonia Voz Que Não Se Permite Calar!

Retomando a discussão sobre a representação do negro na teledramaturgia brasileira temos a série Antônia, baseada no filme homônimo, produzido por Tata Amaral. A...

Literatura Afrobrasileira ou Literatura Africana?

Muito têm se falado em escrita feita por pessoas negras nos tempos atuais. Nomes importantes têm surgido na literatura brasileira e algumas dúvidas acabam...

Atriz Sanara Rocha retorna com solo “Iyá Ilu” no Teatro Sesc Senac Pelourinho

Portal Soteropreta. FOTO ANDREA MAGNONI A atriz e musicista Sanara Rocha retorna aos palcos com seu espetáculo solo IYÁ ILU, ritual afro futurista de saudação a Ayan – a deusa do tambor. Com direção de Andrea Martins, será apresentado no dia 10 de novembro (sexta-feira), no Teatro Sesc Senac do Pelourinho, integrando a série Natas em Solos – Seis Olhares Sobre o Mundo, ação com do Núcleo Afro-Brasileiro de Teatro de Alagoinhas – NATA. O solo propõe uma discussão com o universo da musicalidade nas cerimônias sagradas, que interditam a presença feminina a frente dos tambores sagrados. Questiona as “tradições” e procura estabelecer diálogos com a tradição e a contemporaneidade. A partir desse desejo, Sanara Rocha se debruça no mito de Ayan e na invenção do tambor batá de culto a Xangô, que deu origem ao candomblé no Brasil. “Tina Melo, que concebe a maquiagem corporal, trouxe a mistura dos adinkras (desenhos africanos) com cores neon; Andrea Martins, que é minha colaboradora poética, pr..

Peça infantil “Afrocontos” em cartaz no Teatro Molière este mês!

Portal Soteropreta. Nos dias 11, 12 e 26 de novembro, estará em cartaz, no Teatro Molière (Aliança Francesa), a peça AfroContos, que traz histórias africanas e contos brasileiro tirados de livros infantis. O objetivo é mostrar histórias infantis que falam da cultura dos antepassados africanos e sua influência na construção do Brasil. AfroContos mostra, por exemplo, em uma de suas histórias, o respeito que deve se ter com a natureza, fazendo com que o espectador tenha a oportunidade de conhecer o encanto e a beleza das histórias das culturas africanas e afro-brasileiras. A peça é contada por quatro atores que se revezam como narradores/contadores de histórias, trazendo elementos cênicos para diferenciar as personagens e os contos. Aos sábados e domingos, às 11h e 16h, com ingressos no local a R$30 e R$15. Portal Soteropreta.

Cineasta Erica de Freitas criou curso gratuito para mulheres

"Sem diversidade, estamos desperdiçando talentos no cinema"   O Bar de Batom vem trazendo várias discussões sobre a mulher no contexto audiovisual brasileiro. Recentemente, fizemos uma...

Foda-se a arte — ou um ensaio sobre quem eu admiro

Um sol derretendo o cérebro e 5 pretos no corre é o cenário. Suzano, extremo de São Paulo, pessoas passando com bacias cheias de...

VEJA ESSAS AQUI